Produtos relacionados a máquinas
製品画像

Sistema de fusão a laser
serie LZM

A LZM-100 é um sistema de fusão e processamento de vidro, a qual utiliza um laser CO2 laser ao invés dos tradicionais eléctrodos, garantindo, assim, uma performance consistente e baixa manutenção. Fundir ou efectuar tapering adiabático (para criar adptadores de modo de campo ou “pump combiners”) pode ser efectuado com diâmetros de vidro de 2.3 mm ou menos. O Sistema de alta resolução óptica funciona em conjunto com o firmware do equipamento para fusão automática, tapering e outras formas de modulação do vidro.

Variação de produto

 LZM-100LZM-110V2-M/PLZM-110V2-M+/P+LZM-120A+

Aparência

Diâmetro da bainha
80 a 2300μm
Área de aquecimentoLarga
Fusão de fibraPM✔(opção)
Sistema de observação da extremidade da fibra

 

✔(opção)

 



Comp. varredura
150mm0 a 10mm0 a 36mm
Comp. do taper
130mm8mm36mm

Características

Laser CO2 como fonte de aquecimento

  • A fonte de aquecimento mais limpa e com mais baixa necessidade de manutenção disponível
  • Laser classe 1 laser com protecção de tripla redundância
  • Raio laser dual a partir de um laser CO2 estabilizado para atingir aquecimento uniforme

Aplicação avançada de processamento de vidro

Um sistema avançado, configurável, capaz de produzir ball lens, combiners, MFA, TEC, modelação de vidro e fusão.

LZM-100-2mm-Fibra-Spliced-a-125um-Fibra

Ball-lens-320um-com-125-fundida-com-80um-fibra

Sonda tapered com pequena bola na extremidade

19-para-1-combiner

Aquecimento por CO2 limpo & estável

A LZM-100 usa uma fonte de aquecimento laser CO2 para aquecer as fibras, garantindo uma performance repetível e baixa manutenção, o que permite eliminar, também, a manutenção do filament ou dos eléctrodos. O aquecimento por laser CO2 elimina também depósitos na superfície da fibra que podem ocorrer pelo uso do filament ou eléctrodos. A superfície da fibra limpa e sem depósito garante uma operação fiável de lasers de fibra de alta potência ou sistemas de distribuição de potência.

Estabilidade da potência do laser
Os lasers CO2 típicos têm uma flutuação na potência de saída de +/- 5%. Isto produz resultados inconsistentes e pode causar irregularidade e ondulação num taper.
A LZM-100 utiliza um sistema único (a aguardar a validação da patente) com técnicas de estabilização em closed-loop, o o que resulta numa estabilização de potência compreendida em, como é mostrado à esquerda. Isto permite processos consistentemente repetíveis.

Funcionalidade avançada de Tapering adiabático

Gráfico de Tapering fácil de utilizar